quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

A beleza está na simplicidade...

Parece clichê, mas não é... A beleza está SIM na simplicidade, é fato!

Passei as últimas duas semanas muito angustiada e explico o porquê...

Como já falei por aqui, tinha tomado a decisão de mudar de casinha e comecei novamente aquela busca chata e exaustiva por um novo apê (pedi até ao papai do céu para que ele tivesse uma varandinha para os dias de calor, lembram?)...

Pois é, no dia seguinte a esse pedido, fui ver um apartamento no bairro da Glória, aqui no Rio, pertinho do trabalho, da nova pós... Enfim, quando saí do elevador e olhei para a porta da sala, que estava aberta, encarei o Lú e meus olhos não se contiveram de contentamento... lá estava ele, do jeitinho que eu tinha pensado... lindo e perfeito na minha concepção, ideal e com a tão sonhada varandinha...

O único problema é que, em tempos de globalizacão, tudo o que é perfeito e desejado por você, é também perfeito e desejado para mais 1.356.957 outras pessoas... Ou seja, junto comigo e com o Lú tinham mais uns 15 casais, o que implica 15 fichas de interesse e isso significa que todo o romantismo do "encontro com o apê dos sonhos" se transforma num frio e calculado leilão... isso mesmo um leilão, onde quem tem mais, obviamente, leva mais e, resumo da ópera, perdi o apê apesar de ter minha própria renda somada à do Lú, mais os exigidos e preciosos fiadores com imóvel no município do Rio de Janeiro...

No dia em que soube que havia perdido, parecia que meus sonhos e toda a minha fé na vida haviam sido detonados... Lú me encontrou para almocar e eu chorei compulsivamente na mesa do restaurante que nem criança quando fica sem chupeta... e isso, sem nem me importar com os olhares dos curiosos ao redor, com aquele ar de espanto como se sofrimento alheio fosse algo do outro planeta, num mundo onde todos tem a obrigacao de parecer tão felizes no facebook...

Me revoltei, gente, e a revolta foi muito amarga... questionei valores, métodos sociais, nada escapou da minha ira, nem o big brother brasil... Mas, como diz o ditado, "não há mal que sempre dure, nem bem que nunca acabe"... e minha birra passou (a base de muito cafuné do Lú, confesso, mas passou)...

Daí que comecei a pensar de verdade no real sentido disso tudo... e no porque mudar de apartamento se tornou tão imprescindível, se eu já sou tão feliz aqui na minha casinha... Será que estou apenas seguindo um impulso bobo e consumista, ou realmente essa é uma necessidade? A resposta, eu ainda não descobri... Mas a verdade é que ontem passei mais de meia hora antes de dormir agradecendo por todas as coisas boas que tem acontecido na minha vida...

Virada a página, o que posso dizer é que ainda não sei se vou realmente ficar ou se vou realmente mudar, mas o fato mais importante é que a melhor mudanca continua acontecendo dentro de mim...

E para demonstrar todo o afeto e respeito que tenho pela minha casinha, comprei alguns presentinhos para ela... e nós duas, eu e a casinha, ficamos muito felizes com isso... No início dessa semana, quando voltei do trabalho e passei algumas horas sozinha, já que o Lú iria chegar mais tarde, pude sentir um aconchego tão mágico e um bem estar tão intenso, que me deram a certeza de que era ela - a casinha - retribuindo e agradecendo por eu ter repensado melhor toda a situacão...

Os mimos que comprei não são nada demais... um porta retrato, umas flores artificiais, mas que parecem muito reais (me encantaram) e um tapete novo para a sala... Mas isso alegrou meu coração e o ambiente, sendo que toda essa simplicidade, que me fez tão bem, não custou mais que R$ 150,00...

Aí, no porta retrato, fiz questão de colocar uma foto minha e do Lú num momento muito especial... e sabe porquê? Para eu nunca esquecer que se quero construir um ninho, o ingrediente mais importante é o amor... e se ele existe e é verdadeiro, qualquer ambiente, seja pequeno, grande, velho, novo, bonito ou feio poderá se transformar no apartamento dos sonhos, vá por mim...



 

22 comentários:

  1. Eu já te sigo a um tempinho, e agora acabo de ter certeza, você é mesmo uma graça! Bjo!

    ResponderExcluir
  2. Muito aconchegante.
    Principalmente quando é escolhido por nós mesmos.
    Fica um amor.

    Parabéns.

    Beijokas.

    ResponderExcluir
  3. Oi amiga olha a famosa passadinha rápida rsrs isso tá virando mania hem?
    Rsrsrs mas seu blog contagia não tem como não comentar rsrs que bom né?
    Lindona bjks bjks e fica com Jesus...Cris

    ResponderExcluir
  4. Ola,
    achei seu Blog fuçando rsrsrs
    Nossa adorei o que você escreveu e me identifiquei muito,a um ano atrás passei por isso,mas agora acredito que as coisas tem seu tempo certo para acontecer e agradeço a deus todos os dias pela vida que tenho...
    Agora estou mimando meu ap da forma que poço,e é lógico com as dicas das blogueiras aqui da net.
    Uma grande abraço...
    http://tudodemulheremaisumpouco.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Sei como é chato encontrar a casinha "perfeita" e ela escapar, já passei por isso, é chato, mas o importante é estar feliz, né?

    Aonde vc conseguiu essas flores? Quero comprar umas flores artificiais mas ainda não encontrei dessas que parecem de verdade.

    ResponderExcluir
  6. Dani a sala ficou demais!Quanto mais simples melhor.Beijos
    www.martammello.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Ah adorei seu post! É verdade, quando existe amor, a casinha pode ser como for, ela se torna um lugar especial.
    Beijos e sorte na decisão.

    ResponderExcluir
  8. Olha, acho apartamento mt mt fofo, sabe o meu é grande e da um trabalho ferrado, vc querendo um maior e eu um menor rs como o seu! acho q no menor as coisas se encaixam perfeitamente, mas vc disse tudo tendo amor o resto vc constrói aos poucos!
    Não estava na hora e tenho certeza que em breve vc vai alcançar esse seu desejo!
    mts bjos

    ResponderExcluir
  9. Que lindo!!
    Muito bom Gosto o seu!!
    Beijos
    Parabens pelo seu blog, Nádia.
    http://aconstrucaotaodesejada.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Concordo plenamente com sua conclusão sobre o igrediente principal para transformar nossa casa num verdadeiro "lar, doce lar" - o amor!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  11. Quase chorei agora...
    Realmente, a beleza está na simplicidade. Não só na decoração do nosso lar, mas na vida em geral. E cada dia que tem um post novo percebo isso através das sua palavras. Amo seu blog e concordo com a Fernanda vc é mesmo uma graça...

    Beeeijos

    ResponderExcluir
  12. Seu ap é mesmo um sonho...se o outro nao veio na sua mão é pq Deus vai te dar melhor...bjus

    ResponderExcluir
  13. Oi querida, amei seu post, consigo te entender, antes de reformar minha casa, tinha dias que eu queria sumir dali, mas depois eu pensava melhor e aquele sentimento ia embora, aí eu arrumava ela bem lindinha, comprava presentinhos e ficava feliz da vida no meu cantinho, o segredo é dar tempo ao tempo, mas na verdade o que faz a diferença é quem vive na casa e os sentimentos essas pessoas carregam, quando estamos felizes somos felizes em qualquer lugar!
    Ah, amei o porta retrato e principalmente a foto!rsrs
    bjs...

    ResponderExcluir
  14. oi Dani,
    Pesquise a possibilidade de comprar um ap... hoje em dia tem muita facilidade pra financiar! E entrada com FGTS...
    Eu e o meu marido nos jogamos em um financiamento com a entrada de um FGTS bem fraquinho e hoje pagamos de prestação a mesma coisa que a gente pagava de aluguel. Vale a pena!!

    bjs
    Pri

    ResponderExcluir
  15. Chorar faz bem...sabe porquê? Lava a alma e as frustrações e faz a gente perceber que "amanhã a coisa melhora"...Clichê? Pode ser, mas é assim que me sinto quando a coisa não sai como quero e derramo baldes de lágrimas!
    Tua casinha é um doce, assim como você! e doçura junta se completa!
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  16. Concordo com tudo que você disse ,também já chorei em público.Por tudo e por nada ao mesmo tempo,vai entender ? O que importa é ser autêntica.Te sigo a poucos dias ,e gosto muito do que você escreve você é uma pessoa admiravel i é real .Entende ? não vive só de flores,é um ser humano com tristezas e alegrias.bjs e adorei os mimos.

    reformadolar.blogspot

    ResponderExcluir
  17. Dani depois de ler seu post, fui a outro blog é vi está mensagem:
    Pensamento do dia:
    "A nossa casa é aqui
    Onde o coração gosta de morar
    Seja numa mansão de luxo
    Ou no mais desolado lugar"
    Blue Heaven
    espero que goste...bjs

    reformadolar.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Dani, sua casinha é uma delícia, porque é toda cheia de carinho. Todos seus cantos, com certeza, serão assim. Por isso eu diria pra você não desanimar. Eu amo mudar! Principalmente quando é preciso. Preciso renovar, recomeçar. Estava aqui torcendo por você e super curiosa de saber as novidades. Elas virão! Encontrar um canto que tem que ser de vocês não é tão rápido! Tenha fé, mentalize e agradeça mesmo. Agradecer o presente e o que temos no presente é tão importante, para liberar para o universo o que tem, para vir o novo. beijo grande e boa sorte. Julia.

    ResponderExcluir
  19. Oi Dani,
    Que pena que o apê com a varandinha não rolou ainda... ainda mesmo... pq em algum lugar aí (só te esparando) tem outro apê com varandinha! risos
    boa sorte nessa fase de mudança e calma e paciência que com amor se vai longe! Um beijo
    Tri

    ResponderExcluir
  20. Adorei seu "desabafo" Dani, é uma verdade bem clichê mesmo, mas a gente normalmente repete sem acreditar nela. E, de repente, acontece algo que nos mostra o que realmente importa.
    Seja muito feliz na sua atual, ou em qualquer outra casinha!
    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Amei o tapete!!! Pode falar detalhes sobre ele...estou procurando um com tecido permeável que seque rapido depois de lavado...minha visitas nunca tiram o sapato..hehe bju

    ResponderExcluir
  22. Dani, que blog fofo é os eu.
    Abraços
    madeiraemforma.blogspot.com

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário aqui, vou adorar saber o que você pensa: